sábado, 13 de dezembro de 2008

EM MI MENOR

Eu sou alguém revoltado com a realidade social à nossa volta. Não sou militante político ativo, por vontade de me dedicar sempre à música, que exige muito de um ser humano. Mas não sou um alienado que só enxerga claves de sol em sua frente.

Desde cedo tenho uma revolta com os decasos, os demandos e os desserviços de particulares e entes públicos. Morando em Maceió, neste Estado de Alagoas, tão rico por um lado, tão pobre por outro, aumenta cada vez mais a minha indignação frente às mazelas de nossa sociedade.

A revolta atinge o meu espírito criativo e eu crio uma música cuja letra transcrevo a seguir:

Em mi menor
Posso fazer uma canção
Em mi menor
Expurgarei do coração
E farei minha catarse

Pra dizer da revolta por que passo dia-a-dia
De perceber que ano passa, ano vem e a burguesia não consegue resolver
Ou talvez o seu Estado não queira saber

"Eu não tô nem aí,
Não ando por aí
Meu filho nunca foi aí"

O Trio Malacada está ensaiando esta música e espero mostrar a quem se interessar em breve. Abraço a todos.