quarta-feira, 2 de setembro de 2009

síndrome do túnel do carpo

              um morcego sem radar
um pintor sem pincel
um carrossel sem cavalo
um cavalo sem crina
uma boca sem dente
uma mulher sem tesão
um homem sem ereção
uma bolsa sem mulher
uma feminista sem discurso
um hospital saudável
um artista sem arte
um cavaquinho sem corda
um pandeiro sem platinela
um sapato sem
uma cadeira sem bunda
água sem H 2O
um químico sem laboratório
um livro sem caracteres
um compositor sem tempo livre
fafá de belém sem exagero
óculos sem olho
autor sem leitor
leitor sem CD
basquete sem bola
produtora sem cultura
jornalista sem jornal
chocolate sem desejo
asa-branca sem asa


oh! síndrome do túnel do carpo
as sessões de acupuntura te esperam
ao final, livrear-me-ei de ti
e todos os desencontros virarão encontros
assim voltarei de mansinho
pro meu violão e pro meu cavaquinho