quarta-feira, 17 de março de 2010

Antonia "Discreta" Adnet

Já a vi em dois shows. Tanto em Recife como em Maceió, uma moça muito séria tocava violão na banda de Roberta Sá. Sua seriedade não parecia significar chatice ou dureza de sentimento. Empunhava seu violão de uma maneira tão convincente que nem precisava sorrir. Os acordes falavam por ela. Séria a vi no Pátio de São Pedro, num carnaval do Recife; séria a vi encerrando uma sexta-feira chuvosa num FEMUSESC passado. O nome dela é Antônia Adnet. O sobrenome lembra um rapaz que tem feito sucesso em programas e comerciais de televisão. E ela é mesmo prima de Marcelo Adnet.

Grande foi minha surpresa ao visitar o blog Um Que Tenha e avistar um disco intitulado "Discreta", de Antonia Adnet. Curiosidade para saber o que seria aquele disco. De pronto, acreditei num disco instrumental. Empolguei-me mais ainda para baixar. Grande foi minha surpresa, pois Antonia cantava! Demorei a assimilar aquilo: "Essa moça canta? Essa moça tão fechada, introspectiva, canta?" Canta! Mas deixa claro no título do disco: "Discreta".

O disco conta com a participação de Roberta Sá, que, aliás, tem o timbre parecido com o de Antonia Adnet, tanto que o ouvinte desatento não perceberá o momento de cada cantora na canção. Roberta assina um texto de apresentação no myspace de Antonia. Marcelo Adnet também canta com Antonia "Pessoas Incríveis" (Mario Adnet/Bernardo Vilhena): "é bom filosofar pra se fazer entender / fundamental é dividir o prazer". A música instrumental também está presente no disco, o que confirma que eu não estava errado em suspeitar que o disco seria todo instrumental. São três músicas: "Vitrine" (Moacir Santos), "Primeiro Choro" (Antonia Adnet) e "Tema de Outono" (Antonia Adnet).

Formada em Arranjo, Antonia tem 24 anos de idade e "chegou chegando"! Nascida em família bastante musical, a moça canta, compõe e toca violão desde pequena! Ela assina os arranjos de boa parte de "Discreta". Também produziu o álbum, com seu pai, Mario Adnet. Antonia Adnet estreia na carreira autoral acumulando muitas funções, mas cumpre bem cada uma delas, inclusive a de compositora! Que primor de disco! Que produção musical! Que voz suave! Que arranjos! Que deleite! Elogios mil!

9 Comentários.:

Anderson Santos disse...

Olá, Salomão, ainda não ouvi o CD, mas tendo como referência a Roberta Sá deve ser muito boa coisa - ainda mais com tantos elogios colocados por vc.

Vi pela primeira vez na coluna Radar, aos sábados na Gazeta, vi depois no UQT mas não consegui baixar no dia que queria e deixei para lá. VocÊ me lembrou que tenho que pegar este. Valeu.

Denisson disse...

Salomão, ótimo texto! Parabéns. Antônia Adnet, sendo filha de Mário Adnet e iniciando a carreira de maneira tão digna, tem tudo pra construir uma obra sólida e tornar-se um grande nome da MPB no futuro.

jornalista disse...

Salomão, já me disseram que a pessoa comum ouve o som. O músico ouve acordes. A Antônia, de acordo com o que você viu, vai deslanchar na MPB. Parabéns pelo comentário.

Jack Moreira disse...

Olá caríssimo!Nunca ouvi esta guria cantar!Porém,vinda como referencia de Roberta Sá,ela deve cantar e encantar mesmo!Fico feliz por tantas novas caras (principalmente de mulheres)estarem aparecendo na MPB.Há 2 semanas fui em um show de Maria Gadú.Nossa!Ela canta pra caramba!Durante o show todo sabe o momento certo de aumentar o compasso da voz e de diminuir.Enfim,ela sabe cantar!Só espero que a mídia(podre)e alguns empresários não a estraguem!
Hasta!

ivaneilma disse...

Olá!nunca ouvi,mas espero ouvi sim,recomendado por vc deve ser ótima!
beijão

Cláudia disse...

Olá Salomão,
Adorei post. To ouvindo agora o cd dela e adorando. Valeu a dica. eu já a conhecia e nem sabia que cantava. Amanhã tem show dela aqui no Rio e com certeza irei.
Bjuuuu

txai shei disse...

Salomão, amei tudo!
O blog, o comentário, a bela Antônia...
Já era sua fã e, vendo como escreve bem, aumentou minha admiração.
Uma delícia a música dessa moça, me lembrou Nara.
Beijos!

Sérgio Morais disse...

Roberta Sá foi a unica boa contribuição do famigerado programa "Fama" da Rede Globo. Tomando como base tal referência, creio que Antônia Adnet não seria nada menos que uma artista valorosa e digna de reconhecimento.

Abraços.

Sérgio Morais
Maceió-AL

Sérgio Morais disse...

Acabei de assistir o DVD "Pra se ter alegria" de Roberta Sá, onde Antônia Adnet toca de forma primorosa um violão de sete cordas. Fantástico!!!!

Sérgio Morais!!!